segunda-feira, 20 de outubro de 2008

Saudade - 相思

Poema de Wang Wei - 王維 - de quem já publicamos um poema aqui.

com ideogramas simplificados:
红豆生南国,
春来发几枝。
愿君多采撷,
此物最相思。

com ideogramas tradicionais:
紅豆生南國,
春來發幾枝。
願君多採擷,
此物最相思。

transcrição fonética pinyin:
hóng dòu shēng nán guó
chūn lái fā jǐ zhī
yuàn jūn duō cǎi jié
cǐ wù zuì xiāng sī

tradução:
O feijão-vermelho nasce no Sul.
A cada primavera brotam novos ramos.
Por favor, cavalheiro, colha muitas vagens,
Isso é do que mais tenho saudade.

contextualização:
O feijão-vermelho também é chamado de semente-da-saudade, e é cultivado no Sul da China. O fato do grão receber o nome de semente-da-saudade se deve a uma história:
Há muitos séculos, havia um homem que teve que partir para a guerra. Sua esposa sentia muito a sua falta e ia, dia após dia, à sombra de uma planta de feijão-vermelho chorar pela ausência do marido. Tempos depois, ela morreu de tristeza. A partir de então, as pessoas passaram a chamar a planta de arbusto-da-saudade e a sua semente de semente-da-saudade. O poeta utiliza esse simbolismo para expressar quanta saudade está sentindo.

Nenhum comentário: